Diana Todorova-harpa

Natural de Sófia (Bulgária), Diana Todorova iniciou seus estudos de harpa em 1999, na classe de Kohar Andonian, na Escola National de Música de Sófia – Liubomir Pipkov. Durante este período, foi integrante da Sofia Youth Philharmonic Orchestra e participou de diversos concertos na sua cidade e de uma turnê pela República Tcheca. Seguiu sua educação musical na New Bulgarian University, onde formou-se na classe da professora Malina Hristova.

Diana Todorova é vencedora de diversos prêmios em concursos internacionais de harpa, assim como o prêmio especial no “Young Music talents” em 2002, terceiro prêmio no “Young Virtuosos” em 2006, prêmio especial no “Hopes, Talents, Masters” em 2007 e o primeiro prêmio no “Young Virtuosos” de 2011.

Entre 2007 e 2011, fez parte da Vidin State Philharmonic Orchestra como harpista principal, realizando apresentações na Bulgária e em diversas turnês pela Sérvia, Itália, Suíça e França.

Como solista, tocou à frente das orquestras Symphonietta (2007), Orpheus (2008), Vidin State Philharmonic Orchestra (2010), Orquestra de Câmara do Amazonas (2013, 2014, 2018), Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (2014, 2018) e Amazonas Filarmônica (2016). Em 2015 criou o projeto “A Harpa na Música de Câmara” e com participações especiais de músicos convidados, formou vários conjuntos de câmara e realizou concertos com diversos programas para o SESC – Manaus. Em 2016 participou do Festival de inverno de Campos do Jordão como bolsista integral e fez parte da Orquestra sinfônica do festival com concertos na Sala São Paulo e em Campos do Jordão. Em 2017 abriu a temporada da Orquestra Sinfônica do Teatro da Paz como harpista convidada nas séries de concertos de Música de Câmara com interpretação da “Introdução e Allegro” de Maurice Ravel

Como harpista convidada participou em vários concertos das grandes orquestras brasileiras, tais como Orquestra de Câmara do Amazonas – Manaus, Orquestra Amazonas Filarmônica – Manaus, Orquestra Sinfônica do Teatro da Paz – Belém,  Orquestra Sinfônica Brasileira – Rio de Janeiro e Orquestra Filarmônica de Minas Gerais – Belo Horizonte.

Participou de masterclasses de algumas das mais célebres harpistas do nosso tempo, assim como Katrin Michel (França), Elizabeth Fonten-Binoche (França), Cleudia Antonelli (Itália), Lisetta Rossi (Itália), Suzanna Klincharova (Búlgaria), Paola Baron (Italy), Liuba Klevtsova (Russia), Rositza Milevska (Bulgaria), Youlina Tochkova (Bulgaria) and Maria-Luiza Rayan (Estados Unidos).

Em setembro de 2012 assumiu a vaga de harpista principal da Orquestra Amazonas Filarm̫nica РManaus, Brazil.